Publicidade

Publicidade

04/02/2015 - 18:37

Área externa agradável virou estufa

Compartilhe: Twitter

Acabamos uma reforma e ampliação da casa com uma área gourmet, cozinha sala de tv e churrasqueira e ainda ampliei com 13 metros de pergolado que seria uma varanda, como em Curitiba faz muito mais frio que calor, resolvemos fechar esse pergolado com vidros no teto e parede, o problema é que ninguém consegue ficar em baixo dessa cobertura nesses dias de calor intenso, como posso resolver esse problema sem perder a vista que é maravilhosa. Não aguento mais essa sauna seca.

 

Olá Leda, super legal o ponto que você trouxe, no nosso clima aqui no sudeste pode ser bem frio, mas com a incidência de sol direto, vira um inferno.

Imaginando que você não tivesse feito sua obra sem consultar um profissional que faz este tipo de planejamento , você pode buscar aconselhamentos com fabricantes de cobertura ou de vidro.

Daí encontraremos vários tipos de vidros e suas várias aplicações.Existem vidros especiais para uso em coberturas que controlam a incidência de luz solar que, entre outras vantagens, permite iluminação natural, reduz a utilização da luz artificial, promove a interação das pessoas com o meio externo, atua como barreira aos raios ultravioletas (UV), traz segurança, reduz a entrada de ruídos e de calor e é 100% reciclável, sendo grande aliado da sustentabilidade.

glassec

Pode-se encontrar no mercado diferentes tipos de vidro de controle solar: coloridos, refletivos e de baixa reflexão, sendo que estes últimos se dividem em seletivos e de alta seletividade (ver abaixo). A definição do mais adequado para cada projeto vai depender de alguns fatores, como a escolha da cor e o tamanho da área envidraçada, seguidos pela performance térmica e luminosa desejada.

 

setor vidreiro

metrouruguai

DADOS do CEBRACE:

Colorido: vidros float que recebem na sua composição a adição de alguns minérios que dão a coloração final ao vidro. Por ter sua massa colorida, eles absorvem parte do calor incidente em sua superfície e, com isso, diminuem a entrada do calor para o ambiente interno.

Produtos Cebrace: Emerald

 

Refletivo: vidros de controle solar com aspecto refletivo que conseguem barrar uma boa quantidade de calor, mas, por sua característica de alta reflexão, têm em geral uma baixa transmissão luminosa. Por barrarem a entrada de calor em detrimento a entrada de luz, são considerados vidros de baixa ou média seletividade. Sua utilização garante ampla economia de energia, além de garantir uma temperatura mais amena nos ambientes não climatizados e um aspecto moderno e privativo nos edifícios.

Produtos Cebrace: Reflecta Float e Cool Lite Classic

 

Baixa reflexão: vidros que conseguem agregar todos os aspectos de sustentabilidade, pois barram a entrada de calor ao mesmo tempo em que mantêm uma boa transmissão luminosa. Por serem bastante claros, permitem boa interação entre os ambientes internos e externos.

Podemos separar os vidros com baixa reflexão entre:

Autor: - Categoria(s): construção, dicas, estruturas, exteriores, pergunte que respondo Tags: , , , , ,
31/08/2010 - 09:52

Voltando com tudo!Falando de vidros

Compartilhe: Twitter

Bom Dia!!!!!!!

Gostaria de saber como faço p/ dividir minha cozinha da lavandeira já que são as duas juntas e tenho pouco espaço.
Aguardo um retorno.

 

 

Olá Ivonete.

realmente é importante dividir cozinha da área de serviço, pois roupa limpa secando no varal não combina com frituras correto?

Geralmente fazemos portas de correr de aluminio com vidro miniboreal.De uma forma que você tenha a possibilidade de fechar tudo ou deixar metade aberta para ventilar a cozinha.Esta é uma forma mais limpa e com visual mais moderno.também é possível optar por vidro blindex com aplicação de película decorativa, assim você poderá criar um visual mais personalizado e alegre.Neste caso existem infinitas opções e combinações!

www.qualitypeliculas.com.br
Email; contato@qualitypeliculas.com.br
Fones;(51) 3347-4015 ou 9292-4626

Autor: - Categoria(s): dicas, fornecedores para obra, interiores, pergunte que respondo Tags: ,
Voltar ao topo