Publicidade

Publicidade

25/04/2012 - 19:04

casa na árvore

Compartilhe: Twitter

Mais idéias,  não tão malucas, de casas suspensas, são as melhores para não abalar o terreno e impactar da menor forma na natureza, vejam esta casa na árvore.

Bom precisou neste caso, de uma grande árvore,  quem sabe se encaixe no seu terreno?

casa na árvore-londrina

cadê a casa?

Autor: - Categoria(s): construção, sustentabilidade Tags: , , , , ,
13/04/2012 - 19:10

Ampliando casa antiga

Compartilhe: Twitter

ola! tenho uma casa na chacara que é em estilo barroco, eu acredito. tem janelas bem grandes e com o formato superior arredondado. as paredes são feitas cm tijolos maciços bem grandes atravessados. gostaria de aumenta-la mas nao sei se eu poderia fazer esta construçao anexa em pedras gres. concluindo, ficaria legal aumenta-la com uma construçao toda de pedra? obrigada

Olá Anni

Nestes casos aconselho você a procurar fazer algo de tipologia construtiva diferente da casa antiga, mas sem chamar a atenção.Um exemplo bacana foi feito pelo Arq Isay Weinfeld para esta Fazenda em Campinas.Nota-se ao fundo a casa antiga com as janelas e telhado colonial e ao lado o novo espaço ampliado com uma linguagem totalmente diferenciada , porém de forma sutil sem  concorrer com a atração histórica principal.

Mesmo que a sua construção não seja de valor histórico, vale a pena pensar nesta alternativa.

Usar um material diferente do que você já possui, e respeitar os gabaritos.Muito interessante sua proposta e tenho certeza que você fará um bon negócio preservando a arquitetura original da casa antiga.Adoro estas soluções que além de resgatarem um pouco de história , nem que seja da sua propria família ou do lugar, não deixam de ser uma solução mais sustentável, afinal é uma “reciclagem” de espaços

Autor: - Categoria(s): dicas, pergunte que respondo Tags: , , , ,
17/03/2010 - 16:19

Retrofit no chalé suiço em Campos do Jordão

Compartilhe: Twitter

Tenho um pequeno chalé em Campos do Jordão, todinho em madeira, bem velhinho do tipo suiço com telhado até o chão.
quero clarear os ambientes internos 2 quartos um mezzanino e uma sala todos são revestidos com lambris muitissimo escuros e a forração do telhado que e aparente e clara como pinos, não é pinos mas tem aquele tom amarelado. gostaria de saber se existe alguma coisa para em clarear a madeira ou devo pintá-la ou ainda aplicar um papel de parede? Agradeço sua atenção

Vi os seus trabalhos aqui apresentados e fiquei extremamente maravilhada porque sem dúvida existem os artistas e os pretensos arteiros como eu, tenho 55 anos e ainda nao fui feliz em nenhum dos ambientes que ja criei, vc pode ma ajudar?

Muito fofa sua questão! Como retrofitar um autêntico chalé tão típico dos anos 70 e 80??
 
 
 
 
 
 
Mais ou menos assim?
Nossa como ficaram fora de moda não?Que atmosfera escura! E o brilho???Se livre de tudo isso!
 
Mas você pode tentar usar outros materiais nas paredes gomo gesso acartonado e pintá-lo simplesmente com uma cor bem clarinha
 
 
 
 
 
 
 
Mudar o piso para algo bem claro também ajuda, só que daí entra ou piso frio (num lugar frio não combina) ou carpete claro com mescla tipo buclê.Certifique-se de não passar pelo barro antes…
 
 
Olha que gostoso uma sala de jantar num cantinho perto de uma janela!
Existem processos de clareamento de madeiras maciças, ou simplesmente a laqueação num tom bege, ou verde claro.Não recomendo o branco, pois não combina com Campos de Jordão que é um lugar frio onde as pessoas estão muito externas e facuilmente irão sujar.
 
Se for fazer móveis novos utiliza a cor do carvalho clara ou freijo.O lambril de pinus poderia aparecer somente num ou outro ponto como se fosse um detalhe e não o todo.A idéia do gesso acartonado é boa e ainda pode ajudar no conforto térmico.
 
Em tempo, utilize luminárias de foco em trilhos foscos e simples para focar objetos, nichos e mesas.Aproveite se for mexer com o gesso e criar umas sancas para colocar lampadas tubulares fluorescentes de 28w na cor amarela e boa sorte, só não esquece de me convidar para este chá quente com biscoitos!
Autor: - Categoria(s): exteriores, interiores, pergunte que respondo, projetos comerciais Tags: , , , , , ,
22/02/2010 - 20:30

telhado ecologico = telhado vivo

Compartilhe: Twitter

Boa tarde Mariche. Primeiramente, sou leitor assíduo de sua coluna. Estou pensando seriamente em colocar um telhado ecológico em casa, vasculhei a net em busca de informações a respeito. Minha intenção é colocar para ajudar na temperatura da casa, que é muito quente. Procurei na sua coluna, mas não encontrei nada a respeito. Caso eu não tenha “comido bola” voce pode escrever algo a respeito? Os fornecedores dizem que este tipo de produto oferece conforte térmico e acústico (evita reverberação). É isso mesmo?
Obrigado.
Rafael

Olá Rafael, muito oportuna sua questão!

 

Telhados ecológicos! O que são??

 

Podem ser várias coisas, ou assumir várias formas Vou abordar os telhados vivos que são diferentes de telhas ecológicas que podemos abordar num próximo post!

 27_1023_22

Os primeiros registros de utilização de telhados vivos vêm dos tempos da Babilônia

Os Jardins da Babilônia, considerados uma das sete maravilhas do mundo antigo, eram irrigados pela água bombeada do rio Eufrates.

Nessas coberturas, estavam plantadas árvores e flores tropicais, além de alamedas de palmeiras.

 

Principais benefícios

 

Custos: as despesas para instalação da estrutura completa de uma cobertura ecológica – incluindo o subtelhado – é em torno de R$ 150 por metro quadrado, valor similar a de um telhado de cerâmica envernizada, com bom acabamento. Pluvial: o telhado ecológico pode diminuir o risco de enchentes em áreas urbanas. Durante a chuva, a água se acumula no substrato, retardando em praticamente 15 minutos a velocidade de escoamento para os bueiros. Esse processo dá tempo para que haja uma maior vazão no sistema pluvial

 

Redução do aquecimento urbano: a água acumulada nos substratos da ecotelha consome energia do ambiente para evaporar, acarretando o arrefecimento do calor urbano aglomerado em áreas asfaltadas e com grandes massas de concreto.

 

Conforto térmico: em função de ser uma estrutura compacta, a cobertura viva tem um grande poder de isolamento térmico, evitando a perda de calor dos ambientes internos para o exterior em períodos de frio. No verão, o ecotelhado acaba arrefecendo as dependências por meio da evapo-transpiração das plantas.

 

Conforto acústico: pela sua massa o telhado, consegue evitar a reverberação dos sons internos para a rua, assim como impede a penetração dos sons do exterior para dentro da cobertura.

 

As plantas mais utilizadas são as xerófilas, similares aos cactos, que economizam água e podem sobreviver em condições adversas em cima do telhado.

 

Essas espécies não necessitam de regas nem de podas Antes da instalação das ecotelhas, o subtelhado é coberto com uma geomembrana extremamente forte que impede a passagem de umidade no telhado, assim como a entrada de insetos e animais. São instaladas quatro telhas por metro quadrado Módulos de cimento com dimensões de 68cm x 35cm, onde são cultivadas plantas que exigem pouco substrato e pouca irrigação.

 

 

O telhado vivo pode amenizar o superaquecimento urbano, além de auxiliar na retenção da água da chuva – afirma o engenheiro agrônomo João Manuel Linck Feijó, que há três anos desenvolve o sistema arquitetônico.

Essa nova opção de design também cria um diferenciado visual paisagístico nas cidades, em espaços até então tomados pelo concreto.

 

Vejam esta seqüência de preparação para colocação das espécies e as perguntas e respostas do internautas deste site sobre o produto

24_324_824_1024_14

1) O ECOTELHADO vegetado atrai insetos?

Existem insetos que são caracteristicos do interior de casas como baratas, moscas, mosquitos, pulgas, que em geral são atraidos por detritos humanos.

O Telhado vivo atrai insetos como borboletas, besouros e outros de hábitat externo a moradia. Esses insetos são essenciais a vida de outros seres como pássaros.

Uma das vantagens dos telhados verdes é reestabelecer o espaço vital para outras espécies nas cidades.

2) Como se dá a manutenção do ECOTELHADO?

Todo Telhado Verde requer alguma manutenção em algum tempo. Para o ECOTELHADO recomenda-se fazer uma ou duas visitas anuais que possa verificar a presença de espécies indesejadas como arbóreas. Em caso de notar fraqueza nas plantas, pode se utilizar fertilização com algum composto orgânico em pequena quantidade. Esse fertilizante pode ser encontrado em floriculturas, casas rurais e supermercados.

3) É necessário irrigação?

É recomendável reservar um ponto de água com boa pressão para irrigação ou sistema de irrigação automatizado para telhados maiores, mesmo que para uso eventual. Em locais do Brasil de estiagens prolongadas o uso da irrigação é imprescindível. As plantas selecionadas para o ECOTELHADO possuem o mecanismo de fotossíntese chamado metabolismo ácido das crassuláceas, que as faz resistentes à seca. Elas fecham os estômatos durante o dia e trocam os gases durante a noite de forma a não perder água. Isto faz com que o metabolismo seja mais lento.

4) É preciso podar o telhado de grama?

No sistema modular ecotelhado, não recomendamos a grama porque ela exige muita água e tambem cortes frequentes. Utilizamos plantas de porte baixo como os sedum que não exigem poda e requerem pouca água.

Quando faz-se necessário o uso da grama optamos pelo sistema laminar para lajes planas.

5) As ECOTELHAS (módulo ecotelhado) agüentam uma pessoa caminhando sobre elas?

Sim, foram projetadas para suportar tráfego ocasional durante as manutenções. Entretanto não é recomendável o pisoteio das plantas.

6) O ECOTELHADO funciona como um telhado comum? Ele passa umidade?

O ECOTELHADO é composto do conjunto formado pela Ecotelha vegetada e sub-telhado que pode ser de telha de fibrocimento, metálica, laje de concreto impermeabilizada, telha cerâmica e/ou Geomembrana de PEAD. O sub-telhado fornece a estanqueidade do telhado enquanto que a Ecotelha possui os outros atributos que se quer de uma cobertura. A impermeabilização constituída pela telha e/ou Geomembrana PEAD isolam totalmente o interior do ambiente, da umidade, enquanto que a Ecotelha vegetada, que vai sobreposta ao sub telhado, tem a finalidade principal do isolamento térmico e acústico, além dos benefícios ecológicos ao ambiente e à beleza natural da vegetação.

7) Porque eu trocaria meu telhado comum por um telhado de grama?

Porque o telhado vivo é muito bonito; Porque transmite bem estar e empatia a quem olha; Porque tem excelente conforto térmico no inverno e verão; Porque tem ótimo isolamento acústico, absorvendo ruídos; Porque reduz o calor urbano; Porque reduz o impacto de dióxido de carbono, a poluição de nitrogênio e neutraliza o efeito da chuva ácida; Porque reduz o volume do pluvial e seu impacto sobre cursos d’água; Porque vivem melhor, as pessoas que estão em harmonia com a natureza. Porque o telhado verde proporciona conforto térmico excepcional.

8) O que é a ecotelha? De que é feita?

A ecotelha é composta de um substrato rígido com características de drenagem ideais e componentes retentores de umidade e nutrientes. O conjunto previamente plantado com espécies selecionadas pode ser transportado com facilidade.

9) O ECOTELHADO não é muito mais pesado que o telhado tradicional?

O Sistema Modular Ecotelhado é classificado como extensivo e seu peso saturado é de 50kg/m² que é o peso de um telhado cerâmico convencional.

10) Qual a diferença de preço entre o Ecotelhado e os telhados tradicionais?

O valor do investimento é em geral o mesmo, considerando-se um telhado de boa qualidade.O ecotelhado pode ser colocado diretamente sobre a laje impermeabilizada, não necessitando de armação de madeira.

Quando levamos em conta os benefícios de conforto térmico, retenção de água, limpeza do ar e vida útil de duas a três vezes maior, a vantagem é grande a favor do telhado verde.

11) O sistema ECOTELHADO é aplicável a grandes terraços ou nesse caso, seria mais adequado utilizar uma cobertura de solo e plantas diretamente sobre a laje?

O Sistema é vantajoso tanto em casos de pequenas como grandes áreas, planas ou inclinadas. Proporciona uma boa fixação para as plantas com boa drenagem com suprimento de água adequado. A estrutura rígida da ecotelha (módulo ecotelhado) evita a compactação do substrato nutritivo e do sistema radicular das plantas. O módulo Ecotelhado evita a erosão do substrato em telhados inclinados.

Uma das vantagens é a do módulo do telhado vivo poder ser movido com facilidade em caso de eventual manutenção sem perda das plantas.

A ecotelha pode ser colocada sobre a geomembrana, proporcionando vantagens de rapidez, drenagem, mobilidade, isolamento térmico e acústico a custo reduzido quando comparada a outros métodos.

12) O Telhado Verde diminui o calor?

Os telhados convencionais feitos de concreto, telhas cerâmicas, telhas metálicas, ou fibrocimento, acumulam o calor e o transferem para dentro do prédio. No telhado verde a cobertura vegetal se encarrega de dissipar ou consumir esta energia pela evapotranspiração e pela fotossíntese, não restando nada a ser transferido para o interior da casa.

 

http://www.ecotelhado.com.br24_17

Autor: - Categoria(s): cidade e cidadania, construção, desenhos, pergunte que respondo, sustentabilidade Tags: , , , , , ,
26/11/2009 - 19:35

Salas integradas com a piscina?O piso faz isso

Compartilhe: Twitter

Oi bom dia! Tenho um salão de 100 m2,e no fundo tem mais 6 mt mais vai ser a piscina ,qual seria o piso e o revestimento,no salão e para a piscina também,obrigada.

Olá Kelly, opções de revestimentos realmente não faltam e falar de todos não te ajudaria, mas tem alguns em especial que gosto bastante.

O ideal é tentar uniformizar as superfícies de pisos não cirando muitas variações, principalmente se seu estilo for mais moderno.

 

Numa sala de jogos, ou festas que você dispõe perto de uma piscina, poderia ficar muito elegante fazer em madeira, tabua larga ou taco  em cumaru ou peroba e continuar o piso da piscina com deck em madeira na mesma cor.Visualmente ficariam ligados os ambientes e automaticamente dá uma ampliada.

 

Seguindo esta mesma idéia, mas gastando menos da metade , você poderia fazer um piso em placas de granilite ou fulget em tons de areia e na borda da piscina usar um piso atérmico da marca SOLARIUM no mesmo tom.

O que é granilite???

O GRANILITE é confeccionado com os seguintes materiais: Agregado Minerais moídos: (Mármore, Calcário, Quartzo, etc.) e Cimento (comum ou branco) conforme proporção abaixo:

  • 08 mm – agregado 14 kg. – cimento 08 kg.
  • 10 mm – agregado 16 kg. – cimento 10 kg.
  • 12 mm – agregado 18 kg. – cimento 12 kg.
  • 15 mm – agregado 28 kg. – cimento 16 kg.

Para piso de 12 e 15 mm, acrescentar 04 kg. de agregado p/m2 para semea.
Na superfície usar rolete e desempenadeira de aço.
A cura poderá ser feita com água.
Após a cura, que deverá ser feita com água, pode-se entrar com polimento. Primeiro esmeril de grão n.36 para polimento grosso, e em seguida esmeril n.120 para calafetar com cimento da mesma marca para fechar os poros.
Após 3 a 4 dias, passar máquina com esmeril n.180 para tirar o excesso de cimento da superfície e dar o acabamento liso.
O acabamento final pode ser feito com cera à base de petróleo ou duas demãos de resina acrílica, isto já com a superfície seca.

contato:edilson@granilite.ws

granilites 

Ficaria com visual clean, elegante e daria uma sensação de espaços maiores.

Abaixo colhi uns exemplos maravilhosos!

isay weinfeld-casa-piscina
isay weinfeld-casa-piscina
pedreira-freitas-residencia-terraco

pedreira-freitas-residencia-terraco

 
bernardes e jacobsen

bernardes e jacobsen

kogan-casa-piscinas

kogan-casa-piscinas

Saul Vilela

Saul Vilela

casa-reinach-sala

casa-reinach-sala

Ximenes Leite Arquitetura e Mario Biselli

Ximenes Leite Arquitetura e Mario Biselli

Autor: - Categoria(s): construção, exteriores, fornecedores para obra, pergunte que respondo Tags: , , , ,
17/02/2009 - 15:39

Casa de campo moderna

Compartilhe: Twitter

arthur mattos casasarthur mattos casas

Esta casa tem um look bem internacional, bem poderia estar cosntruída nos EUA, ou Espanha… Mas é do arquiteto brasileiro Arthur Mattos Casas na nossa Mata Atlântica que projeta no Brasil e fora daqui.

Este tipo de casa pede um cáluco estrutural afinado com a arquitetura, pois dispõe de muitos vãos livres de grandes dimensões. Vejam a passarela, que liga as partes íntimas da casa em um vão de mais de 10m!! E o pé direito tem mais de 11m! A estrutura deverá ser metálica, proporcionando a leveza e rapidez e precisão na construção.

Uma construção destas, infelizmente não é para qualquer cliente. O valor deve chegar em R$ 2000,00/m², pelo menos.

É muito feliz no entanto, as escolhas de revestimentos, que trazem uniformidade e ainda mais grandiosidade ao espaço.

Vejam também a unificação de cores, uma arquitetura bem resolvida pode ficar assim, branca. Os detalhes construtivos são os destaques. Reaparar na escada escultural, na janela quadro-paisagem, na iluminação tipo domus no banheiro.

E a decoração foi pensada para aquecer este grande salão, reparar nas cores quentes, nos tapetes e a madeira no piso. São elementos de aconchego juntamente com a lareira que flutua no living.

Também é possível criar este efeito de limpeza de linhas em projetos em concreto armado. Mas sempre com a ajuda de um bom calculista!

Autor: - Categoria(s): construção, dicas Tags: ,
Voltar ao topo