Publicidade

Publicidade

Arquivo da Categoria pergunte que respondo

04/02/2015 - 18:37

Área externa agradável virou estufa

Compartilhe: Twitter

Acabamos uma reforma e ampliação da casa com uma área gourmet, cozinha sala de tv e churrasqueira e ainda ampliei com 13 metros de pergolado que seria uma varanda, como em Curitiba faz muito mais frio que calor, resolvemos fechar esse pergolado com vidros no teto e parede, o problema é que ninguém consegue ficar em baixo dessa cobertura nesses dias de calor intenso, como posso resolver esse problema sem perder a vista que é maravilhosa. Não aguento mais essa sauna seca.

 

Olá Leda, super legal o ponto que você trouxe, no nosso clima aqui no sudeste pode ser bem frio, mas com a incidência de sol direto, vira um inferno.

Imaginando que você não tivesse feito sua obra sem consultar um profissional que faz este tipo de planejamento , você pode buscar aconselhamentos com fabricantes de cobertura ou de vidro.

Daí encontraremos vários tipos de vidros e suas várias aplicações.Existem vidros especiais para uso em coberturas que controlam a incidência de luz solar que, entre outras vantagens, permite iluminação natural, reduz a utilização da luz artificial, promove a interação das pessoas com o meio externo, atua como barreira aos raios ultravioletas (UV), traz segurança, reduz a entrada de ruídos e de calor e é 100% reciclável, sendo grande aliado da sustentabilidade.

glassec

Pode-se encontrar no mercado diferentes tipos de vidro de controle solar: coloridos, refletivos e de baixa reflexão, sendo que estes últimos se dividem em seletivos e de alta seletividade (ver abaixo). A definição do mais adequado para cada projeto vai depender de alguns fatores, como a escolha da cor e o tamanho da área envidraçada, seguidos pela performance térmica e luminosa desejada.

 

setor vidreiro

metrouruguai

DADOS do CEBRACE:

Colorido: vidros float que recebem na sua composição a adição de alguns minérios que dão a coloração final ao vidro. Por ter sua massa colorida, eles absorvem parte do calor incidente em sua superfície e, com isso, diminuem a entrada do calor para o ambiente interno.

Produtos Cebrace: Emerald

 

Refletivo: vidros de controle solar com aspecto refletivo que conseguem barrar uma boa quantidade de calor, mas, por sua característica de alta reflexão, têm em geral uma baixa transmissão luminosa. Por barrarem a entrada de calor em detrimento a entrada de luz, são considerados vidros de baixa ou média seletividade. Sua utilização garante ampla economia de energia, além de garantir uma temperatura mais amena nos ambientes não climatizados e um aspecto moderno e privativo nos edifícios.

Produtos Cebrace: Reflecta Float e Cool Lite Classic

 

Baixa reflexão: vidros que conseguem agregar todos os aspectos de sustentabilidade, pois barram a entrada de calor ao mesmo tempo em que mantêm uma boa transmissão luminosa. Por serem bastante claros, permitem boa interação entre os ambientes internos e externos.

Podemos separar os vidros com baixa reflexão entre:

Autor: - Categoria(s): construção, dicas, estruturas, exteriores, pergunte que respondo Tags: , , , , ,
13/08/2014 - 20:30

Para que a gente serve mesmo?

Compartilhe: Twitter

Olá Mari,

Tenho um terreno de 28×130 com uma declividade de +/- 4 ou 5 metros(eu acho)!!

Gostaríamos de construir uma casa de fim de semana. Pensamos em construir em blocos isolados. Assim poderíamos ir construindo em etapas.

Nossa ideia é: A casa principal com sala/cozinha integrada, 3 suites e uma varanda em toda a extensão da sala e quartos. Uma area de serviço/lavanderia.

Um segundo bloco com 3 quartos e banheiros para hospedes.

E um terceiro bloco de lazer com piscina e edicula com churrasqueira, sauna,…

Pensamos em fazer uma casa simples, rustica. Com pouca alvenaria, com madeira e vidro. Privilegiando a paiagem com muito verde.

Devido a inclinação do terreno pensamos a principio em fazer 3 platos de 20m no terreno e deixar na frente da casa principal uma area de chegada e estacionamento para carros.
Meu marido não é muito favorável a trabalhos de terraplanagem, com medo que no futuro possamos ter problemas com a movimentação do solo.

O que voce acha disso tudo? Qual dicas pode nos dar?

Agradeço desde já.

Att,
Claudia

 

Olá Claudia, como o seu marido também não sou a favor de grandes trabalhos de terraplenagem, e neste terreno a declividade esta muito baixa, menos de 1% se as medidas que você passou são estas mesmo.

Dividir o terreno em platos iguais me parece dar um ar de implantação muito ordenada e cartesiana, então na hora de discutir com seu arquiteto, afinal o arquiteto além dos projetos das casas também estuda a viabilidade da implantação no terreno, você deve passar este programa de modulação de espaços e balizar um cronograma de obras para uma obra não venha atrapalhar uma etapa já concluída.

Planejamento é a chave para seu empreendimento!Obra em etapas é muito interessante, mas deve partir de um estudo global onde se imagina no futuro todo o projeto 100% construído. Chamamos isso de MASTER PLAN.

Neste plano estará projetado como serão feitas as obras, sem danificar as partes já concluídas, as circulações entre as construções, as áreas ajardinadas e plantio de árvores.

Após este estudo é que se inicia propriamente os projetos das casas.

Materiais naturais e que estejam de fácil acesso na região da obra devem ser priorizados , assim como uso inteligente e racional dos recursos naturais como água e sol.

Dica importante para seu plano, pense junto com seu arquiteto e levante estas questões, pois por mais belos que sejam os acabamentos escolhidos depois, nada vai corrigir uma implantação errada, uma solução energética errada, um estudo de conforto errado ou ausente.

Ajudei??

 

TRENDIR

TRENDIR

HOME DESIGN DSGN

HOME DESIGN DSGN

DECOIST

DECOIST

Autor: - Categoria(s): cidade e cidadania, construção, dicas, pergunte que respondo, vida de arquiteto Tags: , , , , , ,
04/07/2014 - 16:31

Mudando de Pisos

Compartilhe: Twitter

Peço sua ajuda se puder me orienta querida. Estou na dúvida vou trocar o piso da sala de jantar e colocar piso na escada que sobe para os quartos. A sala de visita é de assoalho. Estou na dúvida pois quero um ambiente claro não muito carregado. Qual sua opinião o granito branco dallas, ou branco siena onde há passagem única? Tenho medo de colocar o grantio dallas e a escada ficar pesada. Porém acho ele bonito e o siena é mais delicado. Me ajude?

Olá Beth, logo a gente percebe que não é fácil opinar para os outros sem conhecer a casa e trabalhar sobre a planta baixa , mas como a proposta aqui é dar algumas dicas, vamos lá!

Assoalho de madeira tem de vários tons, se o seu for o assoalho de ipê, é sem dúvida o mais escuro e sim pode causar o efeito “carregado” que você menciona.Se for de madeira de tons médios como peroba, sucupira , jatoba, a solução de seguir com a madeira na escada é a melhor, pois além de tudo é mais fácil  de executar  os degraus e cria o continuísmo, ampliando os ambientes.

reformafacil

reformafacil

blogneobambu

blogneobambu

assimeugosto1

 

Repare que neste última a madeira realmente é bem clara e em nenhuma opção estamos vendo as resinas de alto brilho como se costumava usar! Estamos num momento do FOSCO!Muito mais natural.

Numa outra opção, se  próximo da sua escada puder formar uma circulação, ou um hall , uma transição entre sala e escada é possível trabalhar com um granito claro conforme imagens.Busque os granitos que são mais rajados no desenho e de fundo mais claro, ou branco.

bella pedra

bella pedra

meupisolaminado

meupisolaminado

construindoorg

construindoorg

 

Autor: - Categoria(s): dicas, interiores, pergunte que respondo Tags: , , ,
19/06/2014 - 13:59

PAREDES ACÚSTICAS EM GESSO ACARTONADO

Compartilhe: Twitter

Bom dia, Mari. Vi suas dicas, nem sei se ainda você as dá. Moro em Belo Horizonte e em uma casa geminada. Nunca tive problemas de ruídos com o meu vizinho, que é uma pessoa boa e nunca tivemos problemas, porém, ultimamente está acontecendo problemas com ruídos no quarto dele que tem a mesma parede com o meu quarto. O filho deles de 10 anos dorme com eles e parece que a cama deles é rente à parede, e, além dos gritos de brincadeiras de “lutinha” entre pai e filho, há sempre barulhos na parede que me parece de pés batendo. Além disso, um certo dia da semana, eles chegam tarde do culto da igreja e demoram para dormir, e o menino fica brincando até tarde. Como durmo cedo, por volta das 22:00 porque tenho que acordar cedo, por volta das 05:20, perco o sono e estou ficando irritada com a situação, porém, acho que se as paredes tivessem sido isoladas acusticamente, eles teriam o direito de fazer o barulho que quisessem sem me incomodar. Observei que existe o sistema de gesso acartonado – dry wall, porém, as portas do meu banheiro e do quarto, estão com no máximo 10 centímetros de espaço entre a parede e o alisar, e, pior, a do quarto, está rente, e teria que mudá-la de lugar para conseguir os 10 centímetros. O que fazer, compensa fazer este procedimento com apenas 10 cm e será que vai resolver?

Olá Monica, pois é já dei a dica aqui antes e deu certo num cliente.A dica foi justamente fazer uma estrutura para gesso acartonado direto sobre as paredes contíguas ao do vizinho.Entre a parede existente e as chapas do gesso, cobrir em 100% dos espaços com lã de rocha ensacada.

 

 

esquema de colocação da manta isolante:site isoline

 

Cuidado com os pontos de elétrica,  e os montantes, pois são pontos que não estão cobertos com a lã e serão focos de barulho.Com isso você estará perdendo 7,5cm no máximo, se quiser melhorar ainda mais use duas camadas do gesso acartonado.Importante esta solução melhora muita a acústica, mas se os pisos das casas forem contínuos ( em casas antigas o mesmo assoalho de madeira passa de cassa em casa!) os ruídos reverberam através destas estruturas.Então é uma solução para casas construídas em alvenaria!

 

Uma simples parede de gesso acartonado com 16cm de espessura, com lã de vidro no interior, pode-se obter o mesmo isolamento acústico do que um muro de concreto de 18cm de espessura = 60dBA, entretanto a parede de gesso pesará apenas 40Kg/m², contra os 414Kg/m² do muro de concreto.

As formas conhecidas de se obter isolamento acústico são :

– Lei da massa
Diz que quanto mais pesada a barreira acústica maior o impedimento para o som passar de uma lado para o outro desta barreira, lembrando-se de um muro de concreto.

– Lei da massa + mola + massa
Diz que quanto mais alternância de materiais com espessuras e densidades diferentes maior o isolamento acústico, lembrando-se dos vidros duplos das janelas acústicas.

 

 

Autor: - Categoria(s): construção, desenhos, dicas, pergunte que respondo Tags: , , , ,
21/05/2014 - 12:12

Casas em declive

Compartilhe: Twitter

Vejo estes projetos todos muito lindos , porem todos muito onerosos. Gostaria de uma ideia mais simples, meu terreno esta com caimento de 1,80 a cada 10 metros, tem de fundo 30 metros, quero construir uma casa de 72 metros quadrados com 3 quartos com suite. Estou com muita duvida em que fazer com este terreno.
Obrigado

 

Messias, os acabamentos das casas podem parecer caros e são , mas não se prenda a isso, o importante é como você fará a implantação da casa num terreno em aclive ou declive como no seu caso.O que é implantação?É um estudo feito sobre uma vista em corte( perfil) do seu terreno.Toda a vez que você respeita as condições naturais do terreno, Você evita grandes retiradas ou aterros na obra.A grande questão que pode ser o seu caso é se o seu terreno é vizinho de construções onde os vizinhos tenham subido muito a cota do terreno!Daí você pode se sentir “engolido” por eles.O resultado desta arquitetura é que você terá que copiar o modelo deles.

acima exemplo de casas de alto poder aquisitivo, mas  deixam um vazio estrutural por baixo.Solução para ficar mais alto?Depende do tamanho do pé direito que sobra em baixo, surgem novos andares, se gasta mais com estruturas.

Enfim é preciso se ter em conta a otimização do seu espaço.

Gosto muito deste perfil acima, veja que se estudou a predominância dos ventos e  insolação, casa bem projetada é saúde para a sua família!
Acredito que esta seja a melhor hora para se iniciar um projeto! Consulte o arquiteto da sua região!

 

Autor: - Categoria(s): cidade e cidadania, construção, desenhos, pergunte que respondo Tags: , , , , ,
01/05/2014 - 19:39

Terrenos em declive

Compartilhe: Twitter

imageimageimageimage

 

Olá a mariana boa noite tenho terreno 6 x 30 caído p/fundo mais o menos 1,50 a um 1,60 tem algum tipo de construção  de casa sem fazer muro de arrimo desde já muito obrigado e um ótimo final de feriado prolongado tudo de bomola mariana boa noite tenho terreno 6 x 30 caído p/fundo mais o menos 1,50 a um 1,60 temalgum tipo de construção  de casa sem fazer muro de arrimo desde já muito obrigado e um ótimo final de feriado prolongado tudo de bom             Ola Francisco Pelo visto seu terreno e um lote tradicional , mas com pouca declividade!Não vejo problema na construção tradicional de um sobrado, se fosse um terreno em aclive poderia até propor escavação de mais 1,50 e fazer uma garagem, mas  precisa saber a real necessidade e os custos envolvidos.   abaixo alguns bons exemplos de implantação  de casas em lotes compridos. mas lembre-se de consultar sempre seu arquiteto e as leis do local!

Autor: - Categoria(s): condominios, construção, dicas, interiores, pergunte que respondo Tags: ,
05/02/2013 - 19:39

voltando à ativa!

Compartilhe: Twitter
Autor: - Categoria(s): dicas, pergunte que respondo Tags: , ,
24/05/2012 - 18:51

casa colonial sempre na moda

Compartilhe: Twitter

Olá boa tarde; tenho intenção de construir uma casa simple como sede de fazenda no interior da Bahia, em média de 60 metros, gostaria de saber em média quanto vou gastar. Já percebi que tenho que deixar o terreno plano e outras coisas. Aguardo respostas !!

Olá Eulálio, não precisa deixar totalmente plano, se tiver um desnível de ate 3 metros de altura numa distancia maior igual que 20m, é interessante aproveitar o desnível usando o andar de baixo como um espaço de sala ou serviços.

Na Bahia imagino que o preço do metro quadrado de construção esteja por volta de R$1000,00/m2 pelo menos.O velho e bom estilo colonial geralmente vai te oferecer melhor custo benefício.

 Maior facilidade de achar materiais como tijolos de um fabricante local, janelas que ate podem ser de demolições, telhas capa e canal ou a taubilha, (aquela telha de madeira tão tradicional de algumas regiões da Bahia), forros de fibra de árvores lindos e artesanais.

Pintura feitas tipo caiação em branco, janelas amplas e  coloridas, piso em cimento queimado e  grandes beirais de telhados.É uma receita muito boa

Condominio terravista Trancoso

Hotel Txai

Hotel Fazenda Cala e Divino

Autor: - Categoria(s): construção, miscelanea, pergunte que respondo Tags: , ,
19/04/2012 - 19:19

Revestimentos naturais

Compartilhe: Twitter

Ola, estou cotando pedras para revestimento externo da entrada e sacadas, gostaria de uma dica quanto o diferencial entre granito e silestone ou qual pedra tem melhor qualidade exposta ao tempo.
Gostaria tambem de contato para acompanhar e planejar acabamento dessa obra.
grato

 

Olá Claudio, a sua pergunta é a de muitos, como comentei antes, não costumamos usar o silestone para revestimentos, e sim para bancadas de cozinhas e banhos.

Para exteriores dou preferência para revestimentos naturais, neste caso pedras naturais.

Elas podem estar colocadas irregularmente dando um toque rustico ou recortadas retificadas para insinuar justamente o oposto.

O importante ao meu ver é sair da mesmice e usar cores diferentes em formatos diferentes

 

 seixos grandes. As pedras foram assentadas com a utilização de cimento e as amarrações foram instaladas a cada 1 metro de extensão. O projeto é de Rosana Kozlakowski

 

Pedra Vulcanica para Royal Hawaiian Apple Retail Store no Havaii

 Loja com vasta experiência e coleções de cortes como esta em pedra ferro da Pietre Colorate

Assentados diretamente sobre a argamassa, sem rejunte à mostra, os filetes de pedra-madeira (Pedras Decorativas Monte Belo) No projeto de Guilherme Torres

Autor: - Categoria(s): dicas, exteriores, pergunte que respondo Tags: , ,
13/04/2012 - 19:10

Ampliando casa antiga

Compartilhe: Twitter

ola! tenho uma casa na chacara que é em estilo barroco, eu acredito. tem janelas bem grandes e com o formato superior arredondado. as paredes são feitas cm tijolos maciços bem grandes atravessados. gostaria de aumenta-la mas nao sei se eu poderia fazer esta construçao anexa em pedras gres. concluindo, ficaria legal aumenta-la com uma construçao toda de pedra? obrigada

Olá Anni

Nestes casos aconselho você a procurar fazer algo de tipologia construtiva diferente da casa antiga, mas sem chamar a atenção.Um exemplo bacana foi feito pelo Arq Isay Weinfeld para esta Fazenda em Campinas.Nota-se ao fundo a casa antiga com as janelas e telhado colonial e ao lado o novo espaço ampliado com uma linguagem totalmente diferenciada , porém de forma sutil sem  concorrer com a atração histórica principal.

Mesmo que a sua construção não seja de valor histórico, vale a pena pensar nesta alternativa.

Usar um material diferente do que você já possui, e respeitar os gabaritos.Muito interessante sua proposta e tenho certeza que você fará um bon negócio preservando a arquitetura original da casa antiga.Adoro estas soluções que além de resgatarem um pouco de história , nem que seja da sua propria família ou do lugar, não deixam de ser uma solução mais sustentável, afinal é uma “reciclagem” de espaços

Autor: - Categoria(s): dicas, pergunte que respondo Tags: , , , ,
Voltar ao topo