Publicidade

Publicidade

Arquivo da Categoria dicas

19/03/2012 - 20:01

Revestindo sem usar o popular porcelanato

Compartilhe: Twitter

Olá Mari, acompanho você há algum tempo, sempre de olho em suas dicas, parabéns pelo trabalho. Estou começando a obra da minha casa, tenho um orçamento limitado e gostaria de planejar os acabamentos para prevenir os gastos. Não pretendo colocar porcelanato, mas ultimamente só encontro dicas sobre este tipo de revestimento. Gostaria de ver algumas dicas de piso cerâmico comum de bom gosto e qualidade. Tenho interesse por um piso sem brilho, com padrão neutro, sem efeito manchado, liso para a casa toda, mas que tenha um correspondente antiderrapante para área molhada e externa. Tenho pesquisado nos sites de empresas, mas a visualização não permite identificar o efeito real desses pisos, já os catálogos de ambientes prontos só trazem os porcelanatos. Você tem alguma dica? Que piso (comum!!!) eu poderia usar para economizar sem perder o charme? Gostaria que recomendasse uma marca e modelo específico! Obrigada e até breve!

 

Olá Josiane, revestimentos de pisos…Com tanta oferta sempre utilizamos o porcelanato…Na verdade este tipo de produto tem tantas nuances, texturas, tamanhos, acabamentos que é a grande vedete dos ultimos 10 anos!Quer um piso facil de lavar?Durável? Pouca ou quase nenhuma permeabilidade?Pois é, é o porcelanato.Preços baixos não é muito o forte dele, os valores para peças acima de 60×60 começa em torno de uns R$100,00/m2 dependendo da onde for comprar.

Bem o piso ceramico tipo GRES também pode ser uma opção num preço pelo menos na metade ou por 1/3.

A linha  da Porto Ferreira existe a natural stone na cor Gray. 

Outro estilo indo para o mais rustico seriam as sceramicas das marcas LEPRI ou MAZZA.

Lepri Ecoslim

Natural Stone Bianco gres

Foras as cerâmicas também pode se usar os cimentos queimados, que ireia abordar num capítulo a parte!

Autor: - Categoria(s): dicas, fornecedores para obra, interiores, miscelanea, pergunte que respondo Tags: , ,
12/03/2012 - 18:33

Como tomar partido do efeito "chaminé" na sua casa

Compartilhe: Twitter

Olá…

Na minha casa tem um corredor (7 alt x 7 comp x 1 larg ) , e pensei em fazer uma cobertura zenital, total nesta área.

Mas ouvi dizer que o ambiente coberto, sofre com as variações de temperaturas externas.

Qual a sua opinião sobre a cobertura de vidro?

Obrigada.

Paula

Olá Paula, interessante este corredor com pé direito duplo.Uma cobertura zenital seria bem interessante sim.Eu destacaria a preocupação com a manutenção desta cobertura.Se for de vidro ou qualquer outro material transparente, precisa ser limpo semanalmente ou mensalmente dependendo da sua região.Outro aspecto de se pensar é fazer uma estrutura sob estes vidros que quebre o sol que incida a 0º, ou seja o sol a pino.Usando como se fosse uma pergola sob esta cobertura.

Para isso será necessário você conhecer a direção do sol e voltar a abertura para a face sul.Neste caso você estará coberta da incidência direta do sol e diminuirá o calor do ambiente.Indo mais longe na sua questão, esta pode ser uma oportunidade de se criar o efeito chaminé.Ou seja, o ar quente quando esquenta sobre e se neste caso a sua cobertura tiver uma passagem estreita de ar, esse ar sairá lá em cima, formando a “chaminé”.Uma abertura de uns 15cm já seria suficiente em toda a extensão!

Projeto: Arq Hiroiti Ohtane

Autor: - Categoria(s): construção, dicas, pergunte que respondo Tags: , ,
24/01/2012 - 17:45

Por onde começar uma reforma

Compartilhe: Twitter

Comprei um apto novo, um duplex, por onde deve-se comecar uma reforma? piso? pintura? Gesso? quais sao os passos a seguir para se ter um bom andamento da obra? obrigado,Reg

  

Olá Reginaldo, muito básico dizer , mas você precisa ter ajuda de um profissional que só faça este tipo de coisa.Procure um arquiteto familiarizado com reformas em apartamentos.Existe toda uma burocracia envolvida em relação ao condominio que ele vai tirar de letra.Isso só para começar!

É muito pertinente sua pergunta e ajudaraá muitos acredito.Fácil falar procure um arquiteto? Na verdade é o famoso ditado que se não o barato sai caro, ou então se não sai BEM feio!

Enfim talvez nas contas no final, dê no mesmo você ter ou não a presença de um profissional, então é melhor tê-lo!

Afinal se eu fosse este profissional que você contratou, por onde eu começaria?

Precisamos começar por uma planta do local e um levantamento, fazemos assim os primeiros estudos e os layouts prevendo as situações do seu dia a dia, remanejando espaços para que fiquem uteis e confortáveis para o novo dono.Avaliamos um projeto como uma obra , já que também a executamos.Para isso vistoria-se a  eletrica, hidraulica e outros pontos da infraestrutura.Depois vem as escolhas de acabamentos pisos, forros.Depois vem as pedras, tampos.

Só mais para frente vemos a iluminação, marcenaria e espelhos e vidros.

A pintura vai entrar nos ultimos 30 dias de obras se seu apto for novo, se for antigo vai entrar bem antes.

De novo, o que sabemos é que cada caso é um, e o seu profissional deve além de fazer o projeto, fazer um cronograma de compras e decisões, para não atrapalhar o andamento da obra.Assim você poderá saber quando deverá escolher e fechar cada item, e não adianta; tudo tem seu tempo e não se atropelam  atividades na obra, se não a qualidade final é severamente prejudicada

 

Vista de uma escada numa casa recém comprada

Depois de projetada a casa mudou bastante a sua configuração e começam a mudar as paredes

 

Depois de configuradas as paredes e eletrica e hidraulica, começamos a preparar os acabamentos.Reparar que em cada nicho existe um foco de mini led

São configuraçãoes feitas de acordo com os desejos do cliente e tem uma função.Neste caso servirão para colocar sua coleção de arte trazida da Indonésia

Autor: - Categoria(s): construção, dicas, pergunte que respondo, vida de arquiteto Tags: , , ,
16/11/2011 - 19:36

Iluminação em forros de madeira

Compartilhe: Twitter

Amo o seu trabalho. Fiz esse forro na minha sala e ficou lindo, mas estou com um problema. Que tipo de iluminação eu devo usar?

Mirian
Olá Mirian, agradeço a audiência e paciência, afinal fiquei um pouco fora do blog devido a problemas de saude já sanados!
Sobre sua questão muito pertinente, é muito lindo mesmo os forros de madeira, mas também muito escuros.Tenho duas opções a você, usar pontos de luz de sobrepor na cor preta, para spots de lampadas dicroicas ou ar70 focadas para paredes e para mesas de centro.Outra opção seria usar a reflexão baixa da madeira e criar um clima intimista, para isso direcione luminarias, spots ou arandelas para o teto e o resultado vai ficar muito aconchegante!
 
 
 
 
 
 
 

ambiente de Dado Castelo Branco

Projeto: Henrique Reinach e Maurício Mendonça

Autor: - Categoria(s): dicas, interiores, pergunte que respondo Tags: ,
11/11/2011 - 09:58

Chá dançante – Conheça a cor tendência para 2012

Compartilhe: Twitter

A Colour Futures deu a sugestão e a indústria seguiu o conselho. A cor eleita para 2012 será a Chá Dançante. Uma mescla entre vermelho, o laranja e o rosa. Mas onde usar essa cor? Não fica cafona? Indiscreto? Pode pesar no ambiente? São tantas as dúvidas que resolvi esclarecer boa parte delas.

Onde pode ser usada?

A cor do ano pode ser usada em pequenos toques, detalhes, barras de cortinas, vivos de poltronas, ou em paredes e fachadas.

Pintar apenas uma parede?

O ideal é configurar um ambiente alegre e vivo como um lavabo, um quarto de brincar, uma copa, um escritório. Com uma cor destas, mas se você tiver uma parede especial diferente das outras, pode ter um efeito muito marcante, como exemplo, a parede da lareira, a parede da entrada do hall, a parede da sala de jantar. Uma parede onde tenha um quadro tão intenso quanto a cor.

O vermelho e rosa combinam com que tipo de proposta de decoração?

Esta cor está muito feliz, pois combina com qualquer proposta de estilo de decoração, desde uma peça de decoração num ambiente clássico, como um vaso ou almofada ou quadro ou uma moldura quanto um estilo moderno numa parede, num móvel laqueado, muna textura ou papel de parede, num tampo.

A cor influencia de que maneira na casa?

Influencia totalmente no astral do morador aumentando sua energia, vitalidade e paixão.

Na cromoterapia, o Rosa Chá é um ativador e acelerador. Acelera o fluxo de sangue, aliviando o mal estar, em pessoas com pressão baixa. E em pessoas com franqueza, ativa o físico.

Age também como desobstruidor de veias e artérias, permitindo maior fluxo de sangue. Purificante na eliminação das impurezas e gorduras depositadas no interior das veias e vasos, desobstruindo o aparelho circulatório. Além de agir como vitalizador. Nos estados anêmicos, proporciona um melhor aproveitamento da energia do organismo, por meio da aceleração sanguínea.

Quando se deve usar uma cor chamativa como vermelho e rosa?

Sempre que queremos ousar na criatividade, surpreender mudar de ambiente estar num lugar novo diferente de tudo, nos remete a novos horizontes abrindo a mente para novas opções e visões.

Quais tipos de tinta combinam com o chá dançante?

Na verdade existem muitas, desde as pastéis, como rosas pálidos, cremes e cinzas, como azul marinho vibrante, uva ou um verde vagem.

Quais fabricantes de tinta são os mais recomendados para adquirir esse tipo de cor?

Recomendo a Coral em primeiro lugar, pois o estudo deles é muito bem feito.

Essa cor pode enjoar?

Toda cor pode enjoar!

É importante fazer manutenção da cor com o tempo?

A repintura de uma cor intensa ocorre antes do que uma cor quase branca por uma questão de desbotamento. Se for usada em paredes externas, mas no geral, dura até mais.

Quais ambientes não se recomenda a utilização do chá dançante?

Em ambientes que se buscam calma, tranquilidade como quartos, salas de yoga e meditação.

Autor: - Categoria(s): condominios, dicas, interiores, miscelanea Tags:
04/10/2011 - 12:24

Qual o tamanho de terreno ideal para se construir?

Compartilhe: Twitter

Existe um tamanho ideal de terreno para se construir? Clique  aqui e assista minhas dicas.

Autor: - Categoria(s): condominios, construção, dicas, miscelanea Tags:
06/05/2011 - 20:01

Soluções que valem o sossego

Compartilhe: Twitter

Boa tarde! eu trabalho com massagem terapêutica, isto é , tenho uma uma estética e aqui não pode ter barulho ,pois as pessoas vem para relaxar e ao lado tem bastante barulho e o que poderia fazer para que nas cabines eu pudesse ter somente o som ambiente e desde ja agradeço pela sua atenção, que DEUS , te abençoe.

 

Olá Lucia, que bom que tem gente se importando com a acústica!

Aparentemente é fácil resolver seu problema, mas não sem uma intervenção de obra.Como eu já havia comentado o que isola ruído é uma combinação de massa ( tijolo, alvenaria, gesso) com espaço ou câmara de ar.Não tem como tentar isolar com divisórias simples de compensado.O ideal então , pois é mais rápido e menos sujeira em tese, seria você construir as divisórias em gesso acartonado duplo e rechear com lã de rocha.A espessura da parede vai ficar com mais ou menos 11cm, mas te garanto que vc terá uma alta porcentagem de ruído isolada.Notar se seu teto é de laje e seu piso também.Se seu piso for de madeira flutuante e seu forro de gesso ou placas de fibra mineral, pode ser que que os ruídos escapem por aí.Lembre da máxima bem simples da acústica, se entra ar entra barulho.

Autor: - Categoria(s): construção, dicas, pergunte que respondo, projetos comerciais Tags: , , ,
06/05/2011 - 19:47

Detalhes da diferença

Compartilhe: Twitter

Como são importante os detalhes, a diferença de um bom design está no detalhe bem pensado, uma idéia simples juntar tapetes com ziper em diversos cores e formatos, puxadores retos e embutidos nos armários, disposição e efeito de um punhado de luminárias  numa parede alta e um revestimento de camurça na sua comoda , Why not?

Fotos: Arq Mariana Cecchini

Autor: - Categoria(s): dicas, interiores Tags: , , ,
04/05/2011 - 12:57

Vai trabalhar em casa? Prepare seu home office!

Compartilhe: Twitter
Planeje-se!
Eleja um ambiente e anote suas medidas. O ideal é dispor de um espaço de pelo menos 3×3 com boa iluminação natural e ventilação. Embora o isolamento acústico não seja um item decisivo, vai depender do tipo de trabalho que será realizado. Trabalho ou estudo são atividades distintas e pedem enfoques diferentes neste aspecto.

Reúna conforto com praticidade
Invista numa bancada prática e resistente, com altura ergonômica, com pelo menos 5 de comprimento por 80 de largura para usar laptop e entrar uma cadeira com braços. Instale armários aéreos para armazenar livros, pastas, etc., e utilize-o para embutir uma iluminação superior focada na bancada. Acrescente espelhos, painéis com cortiça pintada ou tintas imantadas para suportar recados, fotos e avisos.

Cores e Iluminação para sua concentração
Utilize tons agradáveis aos olhos e evite as cores: amarelo ou roxo, que vão distrair mais do que o choro de um filho ou a sua vizinha. Procure uma iluminação sempre suave, sem usar as fluorescentes de tons azulados.

Integre seu home office ao resto da casa
Faça um escritório com cara de casa. Ponha um belo pendente sobre a mesa de trabalho, use tapete ou carpete mais elaborado e utilize marcenaria com os mesmos acabamentos, seja no piso ou nas persianas.

Prepare o bolso!
O investimento maior recai sobre a marcenaria que custa em média R$500,00/m2.

Autor: - Categoria(s): dicas, interiores Tags:
09/02/2011 - 16:10

Como se prevenir dos estragos e tirar bom proveito da chuva

Compartilhe: Twitter

Ao que tudo indica, as tempestades deram uma pausa. Aproveite esse momento para avaliar os danos no imóvel e implantar melhorias para aproveitar a água da chuva.

Fique atento(a) – Procure por trincas, fissuras, rebocos vencidos, problemas em esquadrias, lajes com infiltrações e até impermeabilizações dos solos mal feitas ou vencidas. Onde há umidade o mofo, as bolhas e os descascados são inevitáveis.

Retire os mofos e o bolor – Lave bem o local com mistura de água e agua sanitária, retire o excesso com água limpa e deixar secar. Lixe a superfície para remover o bolor. Com a parede seca, pinte a parede.

Bolhas e Descascados – Raspe a região estragada e lixe na sequência para nivelar a superfície. Remova a poeira acumulada com pano úmido. Quando seco, pinte em camadas de tintas transpirantes como PVA/acrílica e evite as de esmalte, que pode criar bolhas.

Aplique argamassa em rebocos e lajes – Utilize brochas e pinceis flexíveis para evitar trincas. Opte por argamassa impermeabilizante superflexivel elastomérica, que veda a passagem da água e é mais fácil de aplicar. É recomendável que passe uma demão por dia durante quatro dias seguidos.

Previna-se – Drene o terreno, limpe as caixas de inspeção; cheque anualmente as vedações nas esquadrias, as calhas e o telhado; desobstrua a tubulação e remova os resíduos. Pinte o lar a cada quatro anos e faça reparos no reboco para manter as paredes impermeáveis. Por fim, invista num beiral para evitar que paredes e esquadrias fiquem expostas às intempéries.

Aproveite a água da chuva – Utilize as calhas dos telhados para coletar água das chuvas, que conectadas a um filtro autolimpante, encaminham a água já purificada até um tanque subterrâneo ou cisterna, que estoca o líquido sem contaminação. A água pode ser usada para diversos fins, desde descarga em banheiro até torneiras externas para irrigar jardins, piscina, e limpar carros e calçadas.

Autor: - Categoria(s): dicas, miscelanea Tags:
Voltar ao topo