Publicidade

Publicidade

Arquivo de setembro, 2009

25/09/2009 - 20:04

Tijolos aparentes ou comuns?

Compartilhe: Twitter

Planejo construir com tijolo aparente e colocar laje. O processo será o mesmo dos tijolos comuns?

Olá Fátima, o tijolo aparente pode obedecer o mesmo processo do bloco cerâmico ou dos tijolos comuns. Você pode estruturar a casa fazendo vigas e pilares de concreto, ou não.

Não sei qual será a sua escolha, mas se utilizar estrutura de concreto, é importante disfarçar o visual das vigas e pilares, recobrindo e fazendo “bonecas” de tijolo aparente, ou pintando em cores idênticas ao tijolos. O melhor seria não usar estrutura de concreto e subir a casa com paredes amarradas em tijolos. O aspecto final é outro, pois assim você terá uma parede completa sem emendas em tijolo aparente. E poderá usufruir do aspecto do tijolo dentro e fora da casa.

O importante é que você defina qual visual quer ter: revestimento de tijolo aparente é diferente de ter a casa estruturada em tijolo aparente. Até porque a segunda opção ficará bem mais cara! O tijolo aparente fica melhor se deixado na cor normal do fabricante, já o tijolo comum é bem irregular e quebradiço e fica bom pintado de branco ou outras cores.

As superfícies  prontas de tijolo aparente são lavadas por hidro-jateamento.  O acabamento final se dá com a aplicação de verniz acrílico ou silicone

ac0232_tijolos_02

Tijolos à vista

As peças de terra mesclada (argila branca e vermelha) dão um degradê às paredes da fachada. Na massa de assentamento, o empreiteiro Luciano Dalarme peneirou a areia para que as pedrinhas não interferissem no acabamento. ‘Removi na hora o excesso de massa do rejunte, evitando que endurecesse sobre as peças’, diz Luciano. Dica: silicone (Otto Baumgart) ou resinas acrílicas impedem a formação de limo. Tijolos da Olaria Spina.

ac0232_tijolos_01

O designer de interiores Fábio Galeazzo empregou tijolos de demolição. ‘Após assentá-los, remove se o excesso de massa. Com uma esponja úmida, espalha-se o resto do cimento, dando o efeito de pátina’, diz Fábio. Dica: na última etapa use a mesma força e movimento em toda a parede. No fim, ela tem de estar desempenada por inteiro, com acabamento uniforme. Obra executada pela Forma Engenharia e tijolos da Demolidora Gonçalves. 

ac0232_tijolos_03

Já a arquiteta  Carla Manfrini criou uma  parede de tijolos cobertos por uma demão de massa corrida. Dica: após aplicar a camada fina de massa corrida, espere secar por um dia. Com uma lixa grossa, remova o excesso do produto para dar o aspecto envelhecido aos tijolos.

Fonte: Arquitetura e Construção – Ago/2006

Autor: - Categoria(s): construção, dicas, fornecedores para obra, pergunte que respondo Tags: , , ,
23/09/2009 - 18:56

Banheiro também é chique

Compartilhe: Twitter

Meu banheiro é todo bege: piso, louças e azulejo. Qual a melhor cor para os armários?
Obrigada.
PS:
Ele mede 165 por 280 brigada
NEIDE LOPES

Olá Neide, banheiro bege 100%?

Eu colocaria um gabinete em laminado Fórmica na cor Carvalho Tasmania ou Carvalho Real. Assim vai dar uma quebrada nesta monocromia que pode ser muito chata… Neste caso, você teria um banheiro mais chique e sempre na moda.

Se quiser ousar mais pode colocar sobre o azulejo existente, numa parede apenas, pastilhas de vidro em tons verde ou azul. Assim você tem um banheiro calmante.

Se quiser cores fortes, você pode fazer um armário superior com marceneiro também e pedir para que a frente do móvel seja parte com porta forrada de espelho e uma parte aberta com prateleiras de laminado vermelho cardeal ou cerâmica. Se puder investir mais, poderá fazer umas prateleiras em silestone colorido. Este material para banheiro é muito interessante, e tem cores vibrantes e até com brilho 

DSC_2793

DSC_2790

DSC_3486

DSC_3491

Alguns banheiros realizados por MARIANA CECCHINI ARQUITETURA

Autor: - Categoria(s): interiores, pergunte que respondo Tags: , ,
18/09/2009 - 11:48

Decks ganham espaço

Compartilhe: Twitter

Tenho um terreno com 10 m de frente e 20 m de comprimento, onde já existe a construção de uma casa dividida ao meio para se tornar o restaurante da minha mãe. Mas eu queria que ficasse uma coisa mais independente e pensei em fazer o restaurante num primeiro piso e a minha casa no segundo. Porém, esse terreno tem + ou – 1,70m acima do nível da rua, o que eu não gosto porque a garagem é coberta e acaba escondendo a frente do restaurante. A terra da garagem já foi removida. Tinha pensado em remover essa terra e alinhar o terreno com a rua. O que voce acha, já que a construção hoje não tem estrutura para erguer a casa na parte de cima? Você acha necessário que isso ocorra para dar mais visão e amplitude ao negócio? Ou não há necessidade e vou ter um gasto desnecessário? Me dá alguma sugestão. Desde já obrigado pela atenção.

Marília, tentei entender seu caso, você tirou ou não a terra da frente da casa?
Bom, para um restaurante seria legal se você pudesse tirar partido de um terraço frontal acima do nível da rua onde tivesse mesas e vegetação, toldos… Por isso tiraria simplesmente a cobertura da sua garagem e usaria como um deck para o seu restaurante. Com isso, você amplia a área de mesas e pode dividir melhor o espaço interno com a sua moradia, adiando a tal construção do andar de cima.
As imagens abaixo são da FLEX DECK.
vantagens_1_1
vantagens_1_4
Autor: - Categoria(s): dicas, exteriores, fornecedores para obra, pergunte que respondo Tags: , ,
15/09/2009 - 20:43

Os tecidos ajudam na decoração

Compartilhe: Twitter
Olá. Vou mudar de casa para uma casa nova, está em fase de construção. Vou levar meus móveis . Gostaria de uma opinião quanto à cor da sala. Tenho um jogo de sofá marrom bem claro, estante marrom ( cor wengue ) e creme, mesa de centro e lateral de vidro marrom e creme. Possuo almofadas nas cores creme, marrom e vermelhas e tenho alguns enfeites na cor vermelhos e na cor creme. Possuo um abajur creme e marrom listado.

Estou pensando em pintar as paredes de branco e na parede que vai a estante aplicar textura bege. No chão, estou pensando em colocar porcenalato em tom de bege. Há ainda uma escada onde vou colocar corrimão em aço inox. Talvez faça os degraus em mármore travertino ou granito.

Pretendo colocar uma aparador atrás de um dos sofá, pois esse ficará voltado para a estante e de costas para a entrada principal. As cortinas são na cor palha . O que acha dessa sala? Gostaria de alguma sugestão para melhorar.

Olá Elza, sua sala não tem erro tá legal, tá toda combinada…

No entando eu faria algumas intervenções colocando almofadas estampadas e usaria cores nas paredes que surgissem do fundo da cor destes tecidos. Pesquisei na Donatelli aqui de São Paulo:

100375-106
Neste caso usaria este vermelho

101964-005
Neste caso usaria este fendi

100462-300
Neste caso poderia usar o lilás, o caramelo ou o roxo

Ah! Não coloque granito,  se puder investir num mármore bege vai ficar mais aconchegante!

Autor: - Categoria(s): dicas, fornecedores para obra, pergunte que respondo Tags: ,
15/09/2009 - 20:21

Bloco de vidro pode ajudar em isolamento acústico?

Compartilhe: Twitter

Por favor, gostaria de saber se tijolos de vidro são bons para substituir uma ou mais janelas na construção de um estúdio musical. Quero que entre luz e não saia som.

Olá Alexandre, acho que você já matou a charada. Entrar luz e não sair som: o bloco de vidro é bom para isso. Onde passa ar, passa som, e o bloco possui um colchão de ar interno. Aqui no Brasil, conhecemos o modelo de 8 cm de espessura que isola até 40dB, mas pesquisando uma fábrica europeia com sede na Itália, descobri que eles têm um de espessura de 16 cm e, portanto, isola um pouco mais: 49dB.

As características como a espessura do vidro e a câmara interna de ar garantem que os blocos de vidro da Seves ofereçam um nível elevado de isolamento acústico com valor mínimo 40dB.

A linha Technology apresenta produtos com níveis de isolamento acústico não apenas superiores às escalas recomendadas ambientalmente, mas também melhor que outros materiais alternativos, como as paredes de tijolo e as paredes com vidro plano duplo. Eu utilizo muito em banheiros, cozinhas e até mesmo salas, pois existem modelos muito discretos e elegantes para isso.

Graças a suas características específicas, os blocos de vidro da linha da Technology podem alcançar 49 dB de isolamento, o que faz dos blocos do vidro da Seves o material preferido nos ambientes muito ruidosos (discotecas, locais destinados a atividades produtivas industriais, etc.) porque podem combinar o isolamento com a criatividade e estética.

Bloco-de-Vidro-Light-DirectingBloco-de-Vidro-1990F_liscio

É importante saber que todo o conjunto do local deverá ter isolamento, ser construído em paredes duplas e maciças de tijolos, ou trabalhar com drywall duplo com isolamento, cuidar de frestas nas portas, utilizar abafadores e ressoadores na medida certa são outros pontos para deixar um som de qualidade para quem está dentro e isolar o máximo para quem estiver de fora.

Autor: - Categoria(s): construção, dicas, fornecedores para obra, pergunte que respondo Tags: ,
14/09/2009 - 16:33

Começo de um arquiteto

Compartilhe: Twitter

Boa tarde, eu tenho 17 anos vou fazer vestibular esse ano e estou muito em dúvida entre direito e arquitetura. Tenho muitas referências do curso de direito, mas quase nenhuma sobre arquitetura, se não for incômodo, por favor, você poderia enviar-me um e-mail falando a respeito do curso? O mercado de trabalho está bom ou não? E o salário é alto?
Obrigada

Olá Stefani, o mundo da arquitetura é MUITO amplo. Um arquiteto pode fazer paisagismo, design, decoração, projetos de prédios, casas, design de mobiliário, trabalhar em gestão de obras e ser até vendedor. O importante é ser criativo. Só isso.

Outra coisa que faz diferença é ter ótima visão espacial e conseguir visualizar o espaço na cabeça.

Infelizmente, os arquitetos em cidades  pequenas passam fome, eles tem que necessariamente estar em centros urbanos. Em cidades pequenas, eles têm que fazer o projeto e construirem se quiserem ganhar algum dinheiro. Já nos centros urbanos, existe uma demanda muito grande por reformas, casas, projetos corporativos, comerciais etc. Inclusive é mais fácil de você conseguir seu primeiro emprego que aconselho que trabalhe desde o segundo ano da faculdade.

A carreira começa a dar certo no mesmo tempo que médicos e advogados, ou seja, nada muito rápido, a não ser que você tenha parentes arquitetos ou ótimos contatos…

Não se ganha muito não, pois como trabalhamos no sistema de horas, investimos MUITAS horas em projetos e detalhamentos, e QUEM diz que o cliente dá valor para isso?

Às vezes sentimos que ele pensa que temos uma gaveta de projetos prontos e é só dar uma mudadinha…

O glamour da profissão só existe para poucos e mesmo assim de vez em quando, pois é uma profissão que assume MUITOS  riscos e deve ter uma super responsabilidade na hora de projetar… Daí só um bom advogado. Em qual lado você vai estar?

Autor: - Categoria(s): pergunte que respondo, vida de arquiteto Tags:
10/09/2009 - 19:13

Adesivos estão com tudo!

Compartilhe: Twitter

Gostaria de receber sugestão de qual a cor de parede ou que papel de parede combinaria com a parede da sala de estar que fica atrás de um sofá preto e de uma persiana bege. A sala de jantar, que fica no mesmo ambiente do apartamento, tem um painel vertical de madeira na cor mel ao lado da mesa de vidro com alumínio, cujas cadeiras são de madeira mel e o assento preto. Ao lado do painel, pegando toda a parede, tem um espelho bizotado e no chão há um tapete na tonalidade bege abaixo da mesa e cru perto do sofá. A guardo sua resposta.
Abraço

Olá Ana Claudia, 
Já está tudo bem combinado não? Muito bom, mas você poderia dar uma quebrada nesta “ordem” toda… Que tal uma cor mais intensa? Toparia um vinho escuro tipo o granadeiro da coral? DULUX 75RR 06/129 ou uma cor bem tranquila tipo Verde Cáqui coral DULUX 60YY 33/130? Os papéis de parede são muito legais também , só que daí você não consegue colocar quadros na parede, pois ficaria muita infomação.

Os adesivos estão muito na moda e fica mais fácil para você depois trocar e mudar totalmente o visual e o investimento é menor que com o papel de parede.

No caso dos adesivos, você pode pedir num tom mais claro num bege ou branco e pintar a parede numa cor mais escura como as que eu te passei, iria ficar o máximo!!!

Autor: - Categoria(s): fornecedores para obra, interiores, pergunte que respondo Tags: ,
08/09/2009 - 19:46

Bela viola e pão bolorento?

Compartilhe: Twitter

Oi, Mari
Eu também possuo um terreno com declive (caído da rua pra o terreno uns 5 metros) e gostaria muito da sua opinião de profissional. O que eu devo fazer? Gostaria de construir do jeito que ele está.

O meu sonho é a minha casa ter uma frente diferente 1 garagem, o vestibulo, sala de estar imensa, sala de jantar, uma copa, cozinha,1 escritório grande, 3 quartos com suítes, sala de TV, 1 lavabo, gostaria também de um salão de festas, 1 edícula e, por fim, um olho-d’água. Gostaria muito da sua opinião para a minha construção.
Grato

Olá Tania,

Eu bem que gostaria de ajudar, mas para isso preciso saber mais do terreno. Veja só: a informação que o terreno cai 5 metros não diz nada, ou seja, se você tem um lote com 15 m de profundidade 5 m  de declive é muito mesmo, mas se você tem um lote com 50 m de profundidade, 5 m não é tanto assim.

Se o lote tem 5 m de largura complica um pouco porque daí você precisa se livrar de certos paradigmas dos nossos costumes de loteamento e divisão interna de casas herdado de Portugal. Como eram as casas e ainda são para a grande maioria? Ambientes muito compartimentados áreas de serviços e cozinhas bem separados ao fundo para o empregado usar…

Hoje, aos poucos, o conceito de casa está mudando, busca-se união visual dos espaços, fluidez e amplitude da área social em detrimento da íntima, e abertura total da área de cozinha para a área social, tornando-se a cozinha “gourmet”.

Outro detalhe de suma importância é o desejo que todos tem de entrar pela frente da casa, pode-se entrar também pelo lado, por baixo e até por cima  da casa, que pode ser o seu caso.

Também é preciso se livrar de certos hábitos de colocar a área nobre na frente da casa, hoje em dia, com o barulho da rua e principalmente pela exposição que isso pode causar, quanto menos sua casa estiver exposta e reluzente ao seus vizinhos, melhor. Chamar a atenção é perigoso por vários motivos. Se for radicalizar, é melhor pão bolorento por fora e bela viola por dentro!!!

Olha este estudo de declividade para um cliente com um desnível muito parecido com o seu, mas num lote de 30 m de profundidade numa casa em Aldeia da Serra-SP

Fico No aguardo!!

Autor: - Categoria(s): construção, pergunte que respondo Tags: , ,
08/09/2009 - 18:50

Mesas que misturam materiais

Compartilhe: Twitter

Boa tarde,
Estou mobiliando o meu apartamento e gostaria de saber se móveis em
madeira “imbuia” ainda está se usando.  Vi uma sala de jantar retangular
com quatro cadeiras e mesa de madeira e alumínio e tampo de vidro, que
me agradou muito, mas tenho dúvidas se é legal.
Grata,
Carla

Olá Carla, madeira “padrão” imbuia né?

Pois é, se usa sim, mas as opções são tantas que as pessoas estão caindo fora dos grandes modismos do uso das madeiras. Lembra nos anos 70 a moda era laca brilhante? E depois  no anos 80 veio o mogno brilhante ainda… Argh! Depois nos anos 90 veio o marfim clarinho meio amarelo… Também enjoou muito e no final dos anos 90 e nesta década vimos a imbuia e o wengue ganharem status. Se eu fosse falar qual é a próxima, diria Carvalho. Está todo mundo usando!

Eu gosto pois é uma madeira que vai mais para o cinza, sem vermelhos e amarelos. Mas a que sempre usei e nunca sai de moda é o Freijó que também tem um tom intermediário com desenhos suaves nos veios.

O que não entendi da sua pergunta é o que na verdade você viu? Uma mesa de madeira, aluminio ou vidro , ou tudo junto???

Sala de jantar para mim deve ser aconchegante e, por tabela, nunca vou gostar de metais, mas se for um detalhe reto pode ficar interessante. Já o vidro ainda entra, combinado com cadeiras estofadas e tapete no chão se não,  fica muito frio. A madeira sempre é bonita  e misturada com vidro vai dar  um bom contraste, desde que as linhas sejam bem modernas. Veja alguns exemplos

 

 

 

Boa sorte

Autor: - Categoria(s): dicas, interiores, pergunte que respondo Tags: ,
03/09/2009 - 18:20

Acessibilidade requer espaço

Compartilhe: Twitter

Tenho uma filha especial (cadeirante) e estou em obra na minha residência, construindo um cômodo na parte de cima. Queria saber o que seria melhor: uma escada ou rampa? E qual modelo?
Desde já agradeço a atenção.
Damião Mendes

Questão importante, né Damião? E tão esquecida nos projetos por aí. É claro que tem melhorado, mas encontramos muitas pessoas que não querem nem saber de acessibilidade.

O que fazemos para se dar acesso para que o cadeirante ele prório consiga ficar independente? Só conhecemos rampas e elevador. Se o espaço a ser construído em cima na sua casa é para sua filha, sugiro destiná-lo a outra pessoa, pois o espaço que você precisará para rampa é 10 vezes a altura que você precisa vencer. Exemplo: para subir 3 metros de altura você irá precisar de 30 metros de rampa!! Isso porque a inclinação máxima é de 10%.

O Governo do Estado de São Paulo apresentou na VIII Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade (Reatech), o modelo de casa popular projetada conforme conceito do Desenho Universal (DU), que visa construir moradias que possam ser utilizadas não somente por indivíduos com deficiências, temporárias ou permanentes, mas também por aqueles com estatura diferenciada, obesidade e mobilidade reduzida, como idosos, gestantes e crianças.

Construída em tamanho real, a casa tem 63,5 m², três quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. As áreas de passagens, como corredores e portas, possuem largura de 90 centímetros, o que permite livre circulação de cadeira de rodas. A altura das janelas permite que qualquer pessoa tenha visão do exterior. O projeto foi Desenvolvido pela Secretaria da Habitação e pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), em parceria com a Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD).

Os banheiros podem receber adaptações, como barras, louças sanitárias e chuveiros, com água aquecida por energia solar, o que gera economia nos gastos com a conta de luz. As pias podem ser instaladas em posição adequada para que cadeirantes se aproximem com facilidade. Os interruptores podem ser acessados por qualquer usuário. “Um imóvel adaptado não é somente para deficientes. É para qualquer pessoa, para o futuro, para os idosos. É uma casa para a vida toda”, afirmou o secretário da Habitação e presidente da CDHU, Lair Krähenbühl.

As diretrizes estabelecidas pelas duas secretarias preveem que as áreas condominiais e externas também contem com recursos de acessibilidade. São rampas, guias rebaixadas, piso tátil, calçadas com largura mínima de 1,20m, postes e telefones públicos instalados de forma a não obstruir a faixa de circulação e pontos de transporte público em distância confortável às pessoas com limitações de locomoção. “Estamos dando o primeiro passo em direção à construção de uma sociedade para todos, garantindo cidadania, equidade, direitos e oportunidades”, disse a secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD), Linamara Rizzo Battistella.

A adoção do Desenho Universal é parte da política estadual que prioriza a inclusão social de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida. Com esse objetivo, o governador José Serra assinou em setembro de 2008 decreto que institui o Desenho Universal nas moradias de interesse social produzidas pelo estado. Um grupo de trabalho, formado por técnicos das duas secretarias e entidades representantes dos deficientes físicos, se reuniu durante cinco meses para estabelecer as diretrizes para implementar o projeto apresentadas na feira.

Fonte: http://www.oserrano.com.br 

Autor: - Categoria(s): cidade e cidadania, construção, pergunte que respondo Tags: ,
Voltar ao topo